O melhor?

O 2º dia de Festival de Inverno Bahia mostrou a grandiosidade do evento. Se a expectativa era de 20 mil pessoas por dia presentes no Parque de Exposições, o sábado (18·08) correspondeu ao esperado.

Café com Blues, mais uma banda conquistense no palco principal, abriu a noite e mostrou a força do estilo. Danni Carlos subiu ao palco logo depois, com visual diferente e tocando apenas covers – a maioria deles conhecidos sucessos do pop·rock internacional. Destaque para Wonderwall, do grupo Oasis, que a cantora interpretou duas vezes. Danni animou os fãs das bandas que homenageou e aqueceu o público para o show mais esperado da noite.

Paralamas do Sucesso trouxe um repertório que agradou tanto novos fãs como também aqueles que acompanham o grupo desde o início da carreira. Mesclando músicas do novo cd Hoje com as mais pedidas do Acústico MTV e do Longo Caminho, as canções mais marcantes na voz de Herbert Vianna também fizeram o show, como Ela Disse Adeus.

Mesmo na cadeira de rodas, Herbert mostrou todo o talento com as guitarras usando os efeitos de pedais com as mãos. A presença de palco do baixista Bi Ribeiro fez a diferença e a animação maior do show foi sob o comando da bateria frenética de João Barone. O show valeu o dia de sábado. No bis, o presente de quase 15 minutos a mais de música antes da despedida.

Paralamas cedeu o palco para Papas da Língua, que apresentou o melhor do DVD Acústico e ao vivo. Dentre as músicas conhecidas, Eu Sei fechou o show num estilo dançante, quase xote.

Curiosidade

Numa enquete feita na comunidade do Festival de Inverno Bahia, a banda Paralamas do Sucesso foi escolhida como a melhor atração do evento. Dos 441 votos, 165 (37% do total) optou pelo show do trio.

A estréia

A noite de estréia do Festival de Inverno Bahia trouxe o cantor Elomar, numa homenagem a Glauber Rocha. Após uma breve apresentação com o melhor damúsica regional conquistense, Leoni subiu ao palco com instrumentos acústicos e sem percussão. Ainda assim, animou o público e regeu um coral que cantou tanto músicas do cd Outro Futuro, lançados ano passado, quanto as mais conhecidas gravadas com o grupo Kid Abelha.


clique na imagem para ampliar

No site oficial, o cantor disse no diário de bordo que “Vitória da Conquista foi de lavar a alma. Entre quinze e vinte mil pessoas cantando tudo, dançando e aquecendo com o seu carinho o frio da noite”. Leoni agora, vive uma nova fase de composições que não se restringem a músicas românticas e baladas.

Lulu Santos chegou com o DJ Mão com o funk do já conhecido hit Deixa isso pra lá, que faz parte do disco recém lançado LongPlay. Cantando canções muito dançantes, além dos maiores sucessos da carreira, Lulu fez um dos shows mais elogiados – e animados – do Festival.


clique na imagem para ampliar

O show de encerramento ficou por conta de Ira!, que prometia trazer o som mais pesado no novo cd Invisível DJ. Com a formação de Nasi nos vocais, Ricardo Gaspa no baixo e André Jung na bateria, a banda mostrou boa performace no palco e fez um show para os fãs. Mas foi a guitarra impecável e cheia de efeitos de Edgard Scandurra que agradou todo o público.

···
Não deixe de conferir as informações sobre o segundo dia de Festival de Inverno Bahia.

Festival de Inverno Bahia

A 3ª Edição do Festival de Inverno Bahia aconteceu entre os dias 17 e 19 de agosto no Parque de Exposições de Vitória da Conquista. Este ano, o cineasta conquistense Glauber Rocha foi homenageado. Na região central do Parque foi montado um espaço que exibia documentário sobre o diretor, além de filmes e cartazes da obras mais importantes produzidas por ele.

Tenda Eletrônica

Palco alternativo e tenda eletrônica dividiram o mesmo espaço neste ano do Festival. Na programação, destaque para 5 contra 1, Simone Sampaio, DJ André Bala e The New Ols Jam.

Barracão Universitário

Sucesso absoluto do festival, o espaço coberto foi um dos mais movimentados. Com 4 bandas por dia, incluindo Adelmário Coelho, Estakazero e Cacau com Leite, o público aproveitou o melhor do forró nordestino.

Espaço Gourmet

Praça de alimentação, bares, jardim ornamentado e um palco acústico: o espaço agregou uma variedade de público e estilos e foi o preferdo de quem queria reunir os amigos durante os intervalos de shows.

Camarote

O acesso vip garantiu a entrada num espaço com boate durante os intervalos de shows, tratamento de beleza, bares e restaurantes exclusivos. Além disso, uma visão privilegiada da chegada dos artistas para o show e do palco principal.

Pista de patinação no gelo
A grande novidade do Festival de Inverno Bahia foi a pista de gelo com 7 cm de espessura, funcionando diariamente com monitores que assessoravam o público. Entre tombos e manobras bem-sucedidas, crianças, jovens e adultos – inclusive o Estúdio ao Vivo – entraram na brincadeira.

Palco principal

As principais atrações da 3ª edição do Festivalforam de estilos bem diferentes das dos anos anteriores,além de valorizar os cantores baianos, que abriram cada noite.

sexta (17·8)· Elomar, Leoni, Lulu Santos e Ira!
sábado (18·08)· Café com Blues, Danni Carlos, Paralamas do Sucesso e Papas da Língua
domingo (19·08)· Rajar, Diamba, Cláudio Zoli e Charlie Brown Jr.

Confira os detalhes dos shows amanhã, aqui no Estúdio ao Vivo

Acompanhe a partir de amanhã as informações sobre o Festival de Inverno Bahia, que o Estúdio ao Vivo acompanhou de perto, em Vitória da Conquista · Ba.