The hills are alive with the sound of music

Os sete filhos do capitão Von Trapp aprenderam rápido a cantar com a didática de Maria, a Noviça Rebelde. Liesl (Charmian Carr), Friedrich (Nicholas Hammond), Louisa (Heather Menzies), Kurt (Duane Chase), Brigitta (Angela Cartwright), Marta (Debbie Turner) e Gretl (Kym Karath) conseguem um escape à disciplina rígida do pai quando conhecem a nova governanta imortalizada na ‘voz e violão’ de Julie Andrews.

Tantas vozes tão bem afinadas garantiram metade das 10 indicações ao Oscar que receberam: filme, diretor, edição, [e como não poderia deixar de ser] som e trilha sonora. As canções Climb Ev’ry Mountain, Do-Re-Mi, Edelweiss, How can love survive?, I Have Confidence In Me, Maria, My Favorite Things, Sixteen going on seventeen, So Long Farewell, Somethings Good, The Lonely Goatherd e The Sound Of Music ecoavam nos Alpes Suíços, cenário natural que ocupava o plano de fundo do campado autríaco.

When you sing you begin with do-re-mi, foi como ensinou Maria às sete crianças. Sete como as notas musicais que eles passaram a conhecer no clássico DO-RE-MI.

Let’s start at the very beginning

A very good place to start
When you read you begin with A-B-C
When you sing you begin with do-re-mi
Do-re-mi, do-re-mi
The first three notes just happen to be
Do-re-mi-fa-so-la-ti
[Let’s see if I can make it easy]

Doe, a deer, a female deer
Ray, a drop of golden sun
Me, a name I call myself
Far, a long, long way to run
Sew, a needle pulling thread
La, a note to follow Sew
Tea, a drink with jam and bread
That will bring us back to Do (oh-oh-oh)

Pode até não possuir significado algum cantar as sílabas aleatoriamente, como questionou Brigitta, mas when you know the notes to sing, you can sing most anything. Assim o musical lançado em 1965 reproduzia nos cinemas a história baseada no livro de Howard Lindsay e Russel Crouse que conta a história real da Trapp Family Singers.

···

O Sobre o Som da semana Musicais apresenta uma releitura de DO RE MI

Com a sutileza quase surda de um ruíDO
Distante, sem sair do tom, de ninaR É
E tanto acalenta que o arrebol, tranqüilo, em baixo pronuncia: já é tarde, dorMI!
Faz das sete notas, sete cores agora aos tons da cinza madrugada, sob cobertores no so
Ganham o sonho, universo paralelo da fantasia trancada a sete chaves, aberta devagar à luz do SOL
Acordai! Janela afora, de vós carecem os galos para tecer a manhã cabralina. – sussura a aurora em mansa faLA.
Breve despertam MI SOL SI RE FA DO LA, ainda desafinadas, e dão voz às criaturas. Pobre Silêncio – inspirador dos poetas noturnos – perde-se em SI.

Anúncios

Um comentário sobre “

  1. Sávio, ficou muito bom cara!!!
    Curti demais!
    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s