Personagens do novo

Torquato Neto
Tom Zé
Rita Lee
Arnaldo Bapstista
Sérgio Dias
Nara Leão
Capinam
Gal Costa
Gil
Caetano

Não, isso não é relação de time de futebol. Muito menos de participantes de algum reality show! A seleção acima bem que poderia representar o Brasil, mas não em modalidades esportivas. Os craques se dão bem em outros campos.

Com uma caneta na mão, idéias na cabeça e atitude, a revolução pode acontecer. “Alegria, Alegria”, disse Caetano Veloso. O baiano encabeçou o movimento ao lado do conterrâneo Gilberto Gil. Ambos estavam no III Festival da Música Popular Brasileira, da Rede Record, onde apresentaram – sob vaias – seus trabalhos. Foi ali, naquele palco, que teve início o movimento tropicalista, batizado assim pelo jornalista Nelson Motta, no ano seguinte.

Gal Costa, Capinan e Tom Zé eram peças fundamentais nesse time, os também baianos estiveram na linha de frente da Tropicália. Quando Caetano e Gil foram exilados, lideraram a resistência dos tropicalistas no país. Os três baianos continuaram a produção em terras tupiniquins e não deixaram que a bola baixasse enquanto os dois pilares do estavam fora do Brasil.

Nara Leão, capixaba de Vitória, uma das maiores intérpretes da época também participou da Tropicália, depois de ganhar o II Festival da MPB da Rede Record, com a música A Banda, de Chico Buarque. Já Torquato Neto surgiu como um dos principais compositores do movimento. Nascido em Teresina, foi um dos mais engajados a mudar a cultura vigente, acabar com as músicas comerciais, além de ser ferrenho defensor dos direitos autorais. Tanto Nara como Torquato já faleceram, ela em 1989, vítima de um câncer no cérebro. Ele suicidou-se, em 1972, no Rio de Janeiro.

“Adeus, vou pra não voltar.
E onde quer que eu vá,
Sei que vou sozinho”

 

(Pra Dizer Adeus – Torquato Neto/Edu Lobo)

Talvez quem mais revolucionasse na MPB da época, em termos de composição musical, tenham sido Os Mutantes formados pelos irmãos Arnaldo Baptista, Sérgio Dias e a cantora Rita Lee (na época, ainda Rita Lee Jones). Influenciados pelos sons psicodélicos de Pink Floyd e dos Beatles, os paulistas abusaram de elementos do rock progressivo, como os contratempos e, assim como os integrantes das bandas britânicas, das drogas.

“Eu juro que é melhor não ser um normal se eu posso pensar que Deus sou eu”

(Balada do Louco – Arnaldo Baptista/Rita
Lee)

Fotos: www.tropicalia.com.br

5 comentários sobre “Personagens do novo

  1. Essa turma é ótima!!!

    Mas destaco o “maldito” Tom Zé, hiper original…
    “Maldito” no sentido de ser um artista autêntico, com músicas de qualidade e que não se vende para gravadoras.

    Menina Jesus
    Tom Zé
    Composição: (Tom Zé)

    comentário:
    O nordestino que vem tentar o Sul só pode visitar os seus quando tiver comprado três importantes
    símbolos da civilização: um rádio de pilha, um relógio de pulso e um par de óculos escuros.

    Valei-me, minha menina Jesus
    minha menina Jesus
    minha menina Jesus, valei-me.

    Só volto lá a passeio
    no gozo do meu recreio,
    só volto lá quando puder
    comprar uns óculos escuros.

    Com um relógio de pulso
    que marque hora e segundo,
    um rádio de pilha novo
    cantando coisas do mundo —
    pra tocar.

    Lá no jardim da cidade,
    zombando dos acanhados.
    dando inveja nos barbados
    e suspiros nas mocinhas…

    Porque pra plantar feijão
    eu não volto mais pra lá
    eu quero é ser Cinderela,
    cantar na televisão…

    Botar filho no colégio,
    dar picolé na merenda.
    viver bem civilizado,
    pagar imposto de renda.

    Ser eleitor registrado,
    ter geladeira e tv,
    carteira do ministério,
    ter cic, ter rg.

    Bença, mãe.
    Deus te faça feliz
    minha menina Jesus
    e te leve pra casa em paz.

    Eu fico aqui carregando
    o peso da minha cruz
    no meio dos automóveis,
    mas

    Vai, viaja, foge daqui
    que a felicidade vai
    atacar pela televisão

    E vai felicitar, felicitar
    felicitar, felicitar
    felicitar até ninguém mais
    respirar.

    Acode, minha menina Jesus
    minha menina Jesus
    minha menina Jesus, acode.

  2. Juliana, genial essa música do Tom. Não conheço, vou procurar. Fantástica a letra …

  3. Oswaldo,

    Muito boa mesmo!!!
    Essa música está no último CD do Zeca Baleiro “Lado Z”.

    Aproveito para recomendar o Cd que é belíssimo!!!

  4. Sabia que tinha um dedinho de Zeca Baleiro nessa história… hehehehehhe
    Valew Juliana… a música é boa mesmo.

  5. “Sabia que tinha um dedinho de Zeca Baleiro nessa história”

    Ah Poeta, o que eu posso fazer se ele é o máximo!!!
    Além da parceria com Tom Zé, temos grandes nomes como Odair José, Lobão, Jards Macalé, João Bosco, Martinho, Fagner, Sérgio Sampaio…

    ihh…já estamos mudando de assunto, hehehe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s