Cazuza_biografia_parte 1

O que Manfred Albrecht Freiherr von Richtofen tem a ver com rock? Esse cara de nome complicado foi um dos heróis alemães durante a Primeira Guerra Mundial. Ás das Forças Aéreas, Manfred foi condecorado com as maiores honrarias militares da época. Mas, ele jamais sonharia que uma banda criada no início da década de 80 por jovens cariocas levaria como nome o seu apelido, Barão Vermelho. O grupo, formado por Roberto Frejat, , Maurício Barros, Guto Goffi e Cazuza, tinha nesse último sua maior estrela.

Até então um garoto mimado e egocêntrico, Agenor de Miranda Araújo Neto ganhou apelido antes de nascer: Cazuza, que no Nordeste brasileiro quer dizer moleque, pois o pai já pressentira que viria um menino.

Criado em bairro nobre do Rio de Janeiro, o garoto levou uma vida boêmia, desregrada, até que seu pai, João Araújo – fundador da Som Livre – o colocou para trabalhar na gravadora. Mas Cazuza descobriu para o que veio ao mundo durante uma temporada na Inglaterra, quando descobriu o rock ‘n roll de bandas como Led Zepellin e Deep Purple.

Entrou no Barão por intermédio de seu amigo Léo Jaime, e um ano depois já gravou o primeiro disco, que levaria apenas o nome da banda. Lançado em 1982, alcançou a marca de 7 mil cópias. Os destaques no set ficaram por conta de Down em Mim e a antológica Todo Amor Que Houver Nessa Vida, que rendeu elogios e uma regravação de Caetano Veloso.

O segundo trabalho, Barão Vermelho 2, viria a seguir, um ano depois e com uma melhor produção, como conseqüência venderam o dobro de discos. Entre as canções está Pro Dia Nascer Feliz, música com a qual Cazuza, ‘vestido’ com a bandeira brasileira, anunciou para o público do Rock In Rio, a volta da democracia ao país, após a confirmação da eleição de Tancredo Neves como presidente.

Sua última participação em um disco do Barão foi no clássico Maior Abandonado, que conta com canções como: Bete Balanço, Porque a Gente é Assim, além da faixa-título. Esse disco se tornou o maior sucesso de vendas da banda até então, alcançando o disco de ouro (100 mil cópias vendidas).

Nessa altura já havia um grande desgaste no relacionamento de Cazuza com a banda, e durante os ensaios para as gravações do quarto álbum, o vocalista resolve deixar o Barão Vermelho e seguir em carreira solo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s