TM_2º Ato

Sem horas e sem dores

Abram as cortinas, o espetáculo vai recomeçar no seu Segundo Ato. Chamem o cara que cata papelão, a bailarina e o soldado de chumbo, Ana e o mar, o mérito e o monstro pra ver. Respeitável público pagão, O Teatro Mágico está de volta. E em grande estilo. Não é mais do mesmo, não é clichê, mas – como já diria Fernando Anitelli, na faixa de abertura, Amadurecência – a poesia prevalece.

A trupe é um dos novos fenômenos na MPB, mesmo sem o respaldo de grandes gravadoras. Eles seguem fazendo divulgação boca a boca e o que chamam de panfletagem virtual, pela internet, com seu site e a comunidade no Orkut. No primeiro dia em que as músicas do novo disco foram disponibilizadas no site Trama Virtual, eles quebraram todos os recordes de download. Mais de 90 mil baixaram as canções.

O disco conta com músicas que já eram conhecidas dos fãs, como Pena, Não Sou chico Mas Quero Tentar, Cidadão de Papelão e o Mérito e o Monstro. Mas quase todas elas ganharam novos arranjos. Letras que fazem criticas dando um tapa com luvas de pelica na sociedade de modo geral, principalmente na desigualdade e a quantidade de informações que absorvemos hoje-em-dia.

Com relação ao primeiro trabalho, Entrada para Raros, houve uma grande evolução musical da banda, que passeou por varios estilos musicais brasileiros, como o samba e o xote. Só que dessa vez foram além , utilizando elementos do rock progressivo, como contratempo de bateria e melodias mais complexas. Os metais passaram a ter mais relevância no som, enquanto o violinista, Galdino, continua um show a parte. E pra completar, a 15ª música, Xanéu nº5, conta com a participação mais que especial de Zeca Baleiro.

O show de lançamento do disco será dia 21 de junho, em São Paulo, no Memorial da América Latina, com ingressos já esgotados. É novo, é diferente, é Teatro Mágico e com o novo não se habita, se habitua.

13 comentários sobre “TM_2º Ato

  1. é… acho que ja esta na hora de eu baixar teatro mágico pra ver de qual que é.

    =)

    Bom texto.

  2. e eu posso não conseguir defini-los como mpb?😀

  3. É impossível rotular TM, né dona Lara? =D

  4. É difícil rotular qualquer coisa, mas depois que comecei a ler ‘o que é semiótica’ fica mais impossível ainda. haha

    mas acho que o TM se enquadra bem na música alternativa regional de lugar nenhum.. ou dos ambientes de hermann*.

    *lembrando que o nome Teatro Mágico vem do livro ‘o lobo da estepe’ (fã-tiete-nerd mode on)

  5. Olá,

    Eu fui no Memorial…gente, foi lindooooooo!!!
    Estava lotado mesmo…
    O palco fica no meio, dividindo duas pláteias; que antes de começar o show era pura festa e alegria!!!
    É uma mistura de show, teatro, dança, poesia e muita música. Os figurinos estavam belíssimos!!!
    Apaixonante…meu coração bateu mais forte!!!

    Uma emoção ouvir o coro:

    “sinto que sei que sou um tanto bem maior” ou
    “só enquanto eu respirar vou me lembrar de você”

    Inesquecível!!!

    Ahhh tenho que comentar da música Xanéu n5, parceria de Anitelli e Zeca Baleiro, que é uma crítica a TV…muito boa!!!

    Para quem quiser conhecer mais o trabalho do Teatro Mágico é só acessar:

    http://www.oteatromagico.mus.br

    Bjos baleiros a todos os raros do blog!!!

  6. Teatro Mágico realmente é diferente.

    Cada show é uma história e cada música é um show a parte. Tava ansioso pra saber como tinha sido o show. O Zeca não apareceu?

    Valeu, Juliana!

    Bjus

    ps: Tô baixando a entrevista pra ver aqui, depois comento! Valeu =D

  7. Como diria a Carol: Victor e Leo é o Teatro Mágico do Sertanejo.

  8. Oi Oswaldo,

    O Zeca não apareceu😦
    No sábado ele participou da gravação do DVD da Wanderléia.
    Antes de cantar a música Xanéu n5, Anitelli falou da sua parceria com Zeca…como Zeca não estava, ele pediu para a galera cantar a parte dele na música… e lógico que fizemos coro!!!

    Bjos!!!

  9. Muito legal a entrevista, Juliana!!!
    Consegui baixá-la pro PC, meus amigos de blog e quem mais se interessar, se alguem quiser gravá-la, é só falar comigo =)

    Que pena que o Zeca não apareceu, achei a Zeneu n5 fantástica. A música eh muito legal, disparado das que eu mais ouço do cd novo!

    Bjus

  10. Ah … só pra constar, o Fernando falou na entrevista sobre uma parceria com o Moveis Coloniais (a banda do post abaixo rsrsrs) de Acaju num show em Brasília. Deve ter ficado bem bacana!

  11. Elisa, eu nunca disse isso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s