Três atos – partes 2 e 3

ao_vivo_2

2º Ato

Nem o próprio O Teatro Mágico sabia que o show teria elementos diferentes do que a Trupe tem mostrado durante a turnê 2º Ato. A programação do evento previa que a apresentação de Dança de Rua do Grupo de Dança da Academia Núcleo de Viçosa, antecedesse o show principal. No entanto, mesmo sem ensaios, na abertura do espetáculo havia pessoas diferentes no palco: a pintura que faltava no rosto de cada integrante do Grupo de Dança sobrava nas coreografias que foram elaboradas com base nas músicas d’O TM.

Era só o início de um show traduzido na frase entoada por Fernando Anitelli: tudo numa coisa só.

Quando acompanhamos há dois anos o Entrada para Raros, as novidades estavam em cada passo, malabarismo, improviso. No Festival de Inverno de Ouro Preto (2008), a Trupe se mostrou renovada, mas com o mesmo espírito sonhador de quem via no Sarau, no Teatro de Rua e no Circo algumas das formas mais autênticas de expressão de arte e cultura.

Hoje, a essência do TM permanece a mesma e o olhar diz muito mais. A “Amadurescência” é visível, os sonhos ainda existem, mas o Projeto encontrou seu lugar: diante de admiradores, fãs e tantos outros que, acompanhando o trabalho pela primeira vez, reconhecem a raridade do Grupo.

Se antes a alegria dos artistas circenses e as brincadeiras de cada personagem no palco eram destaques, o show do último sábado tocou mais a consciência do que o coração.

Suspense, medo, seriedade: novos elementos incorporados às canções e encenações. Destaque para os figurinos utilizados pelos atores circenses Rober Tosta e Gabi Veiga.

A parte mais surpreendente e emocionante – na minha opinião – foi a música Uma Parte que não Tinha seguida de O Mérito e o Monstro: Tosta incorpora um personagem gigantesco e, utilizando pernas e braços de pau, interage cenograficamente com Anitelli, assumindo os vocais.

Show de interpretação de cada um dos integrantes; execução musical de alta qualidade; covers de canções de Los Hermanos e Cordel do Fogo Encantado, além de internacionais; e os desafios do tecido e do trapézio, momentos únicos e únicos momentos em que o público desciava o olhar do palco.

3º Ato

Em entrevista ao Estúdio ao Vivo, Galdino (violino e bandolim) e Fernando Anitelli (voz, guitarra e violão) afirmaram que a trilogia d’O TM tem previsão para acabar. O 3º CD já tem uma linha a seguir – que eles se negaram a falar – e dois DVDs devem ser lançados, o que significa que ainda há cerca de 2 anos pela frente.

A poesia prevalece. E também a certeza de que, mesmo aproximando-se o fim do espetáculo, a Trupe ainda têm muito a mostrar, cada um com seu projeto, talento e magia.

Novidades
· TM tocará de 5 a 10 de maio no Itaú Cultural. Entrada franca!
· Já viu o clipe de O Mérito e o Monstro? Clique aqui
· Troope Produções confirma shows de Nenhum de Nós (em breve) e também de Zeca Baleiro (agosto/2009) em Viçosa

Anúncios

2 comentários sobre “Três atos – partes 2 e 3

  1. Show fantástico!

    Principalemte quando eles tocaram “Crash into me” do Dave Mathews Band!
    Muito bom mesmo!

    Espero que tenha sido o meu primeiro de muitos shows do TM!!!

    Parabéns pela cobertura
    =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s