Pandeiro e Viola: o ritmo integrado da Pagoneja


Os tons de viola e repiques de tamborim, as raízes do interior do país e o original do samba dos fundos de quintal contam as histórias de dois ritmos em uma mesma noite: em Viçosa, desde 2009, duas tradicionais festas se unem para levar “alegria, ambiente legal, conforto e qualidade” ao público.

No palco do Espaço Galpão, o Sertanejo e o Pagode se complementam com a expressão do alto astral e do gosto fiel à música. Seja por um ou por outro, o público que antes já participava das festas Quintaneja [música sertaneja em duas quintas-feiras por mês no Galpão] e Pagodão do Complexo [pagode aos domingos, a cada 14 dias, no Juca do Gás] passou a dividir também a energia de um mesmo evento: a Pagoneja.

Com a produção conjunta do Complexo Republicano da Malandragem, que apresenta o Pagodão do Complexo desde 2007, e Luizinho Souza e Juliano Baltazar, que assumem as Quintanejas há cerca de 10 anos, o evento surgiu em um bate-papo entre os amigos durante um domingo no Juca do Gás e, desde então, tem se consolidado nas cinco edições já realizadas.

Quinta Edição

A casa lotada e a interação entre os públicos na última edição, dia 06 de maio, refletiram a versatilidade nas interpretações da dupla Marcos Vinícios e Rafael e da Banda Curtição.

A abertura da noite, nas vozes e acordes da dupla, trouxe canções de Victor e Leo, Jorge e Matheus, João Bosco e Vinícius, além de clássicos como Tião Carreiro e Pardinho. Após a apresentação sertaneja, o pagode animou o público com músicas como “Vou Festejar”, de Jorge Aragão e “No samba a gente bota pra quebrar” do grupo Exaltasamba.

A Pagoneja é uma festa nova ainda, surgiu no ano passado, mas já está consolidada e pronta pra crescer cada vez mais. (…) Mesmo quem não gosta dos estilos musicais presentes no evento, se comparecer com o espírito livre e coração aberto, querendo apenas se divertir, conhecer gente interessante e ser feliz, garanto que saíra de lá assim. [Luizinho Souza]

………….

Agradecimentos
Aos produtores Bruno Saud e Luizinho Souza pelas entrevistas e pelo apoio.

Imagem de Topo: Lara Marx
Fotos: Amanda Oliveira e Lara Marx

Anúncios

2 comentários sobre “Pandeiro e Viola: o ritmo integrado da Pagoneja

  1. Olá Amanda e Lara. Gostaria de parabenizá-las pela matéria, ficou Ótima! Todos da república ficamos grato pela oportunidade de divulgação do nosso Evento.
    Muito Obrigado, Abraços, Brunão.

    • Olá, Bruno, parabéns pela produção do evento! Fica claro que já há um público bem definido que comparece às edições. Desejamos sucesso!
      Muito obrigada, mais uma vez, pelo apoio e confiança no nosso trabalho.
      Abraços..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s